Dúvidas? (51) 3335-1800

Lucas Oliveira Gonçalves

Conhecemos a Escola Coronel Escobar há bastante tempo. Nossa filha mais velha, que hoje já está formada, fez cursinho nessa escola. Quando tivemos nosso segundo filho, já sabíamos onde ele iria estudar quando iniciasse a alfabetização.

Por ser de pequeno porte, oferecer segurança, excelentes profissionais, ensino de qualidade e o mais importante, rígido controle e limites, já que é lá que as crianças passam a maior parte do dia, tornando-se a extensão de casa. Mas o que mais influenciou na nossa escolha, foi a alfabetizadora, professora Teresinha, por quem temos o maior respeito e admiração, por ser uma educadora competente, carinhosa e enérgica e vemos que essa postura, não há distância dos alunos, já que todos correm ao seu encontro para abraça-la, mesmo os que já não são mais seus alunos.

Ficamos surpresos ao saber que a professora, por impor limites, foi duramente criticada. Queremos prestar nossa solidariedade e respeito a essa excelente profissional, pois enquanto subjugarmos a autoridade de um professor em sala de aula o ensino não será promissor. Vemos diariamente pelas mídias, adolescentes e jovens, cometendo atos infracionais e nos perguntamos o que está acontecendo de errado. Basta que nós pais façamos um exame de consciência, se os valores e os conceitos de ética, respeito ao próximo e principalmente limites que estamos dando aos nossos filhos é o correto. Não esqueçamos que se educa pelo exemplo.

Parabenizo a direção da escola, pela seriedade, pela postura ética, e pelo respeito à professora, pois demostraram que o valor financeiro não supera o ser humano e o conhecimento.

Jaqueline Gonçalves e Fernando Rubim Gonçalves
pais do aluno Lucas Oliveira Gonçalves

Lido 216 vezes

Deixe um comentário

Siga-nos

Top